sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Praia do Abaís - Réveillon


Sua beleza e clima agradável encantam os visitantes que chegam ao lugar, que aproveitam para relaxar, tomar um refrescante banho de mar e desfrutar de bons momentos. É uma das melhores opções para os que desejam passar um belo dia na praia mas sem abrir mão do conforto. Conta com uma boa faixa de areia dourada batida, o mar é levemente agitado, em um tom verde azulado. Apresenta ondas pequenas e temperatura amena, sendo ideal para o banho e para a prática de alguns esportes náuticos. Com boa infraestrutura, não faltam bares e restaurantes que sirvam deliciosos petiscos e bebidas.


E lá que vou passar o meu Réveillon. Com os amigos e a namorada
Curti e Farrear.

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Mulheres e Homens usando somente camisetas


Homem é a coisa mais horrível do mundo! kkkkkkkkkkkkkkkkk


Via:  Nadacomnada

Homem acusa a namorada de tentar matá-lo com os seios

Na França, o orgasmo é também conhecido como "a pequena morte". Na Alemanha, quase que o ditado se repete como tragédia. Um morador da cidade de Unna acusa sua namorada de tentar sufocá-lo após o coito. A arma do crime: os seios da moça. Saiu no jornal local Bild. Segundo a publicação, o rapaz de 34 anos afirma que, depois do ato consumado, sua parceira sentou sobre seu abdôme e começou a pressionar sua cabeça com toda a força. "Eu não conseguia respirar, fui ficando azul", disse. Com o que lhe restava de força, o rapaz diz que conseguiu fugir do abraço de urso da mulher-aranha e correu para a casa do vizinho, de onde chamou a polícia.

O pobre coitado diz que perguntou à sua (agora) ex o porquê de ela tentar matá-lo e a resposta dela teria sido: "para tornar sua morte mais confortável, querido!". Segundo ele, a moça sofre de problemas mentais. O ataque aconteceu em maio deste ano, mas a história surgiu agora, que vieram à tona detalhes do processo que a vítima move contra a moça. A ex-namorada terá de responder na Justiça por (é sério) ataque armado. Não faça de seu romance uma arma, ou...

No blog: Tabloide UOL

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Alguém que nunca ganhou flores

Ela era uma menina praticamente normal, que tinha namorada, que gostava do que não recebia. Ela se acostumou com o fato de nunca ter ganhado FLORES de presente (e aqui pra gente, é a coisa mais linda que se pode receber, além de um pedido de casamento). Com o passar dos anos,  as coisas começaram a mudar na vida dela. Novo amor, novos limites, novas escolhas, novas amizades, novo rumo da vida. Acreditamos que a vida que ela levava não era lá das mais desejadas. Traições, decepções, rejeições, mentiras e bla bla bla. As flores podem não falar, mas expressão. As flores trazem consigo vários significados. Quando um namorado briga com a namorada, oferece-lhe uma flor para pedir perdão. Quando amamos, damos flores pra pessoa amada. Quando nascemos, alguém deu flores pra nossa mãe. Quando fizemos 15 anos recebemos 15 flores pra representar a vida. E quantas flores ainda poderemos receber? E qual será o significado dela pra nós? E pode ter certeza, quando morrermos, alguém deixará sobre o nosso túmulo uma coroa de flores, pra representar a beleza que foi a vida. Porque não receber flores sempre? Porque não, dá flores sempre? Eu nunca dei flores para uma mulher e acreditava que a primeira que recebesse as flores de mim seria ela a pessoa com quem escolhi viver o resto dos meus dias.